Mapa da violência mostra que Acre deixou de ser um dos estados mais violentos do país


Em 2019, mesmo tendo conseguido diminuir os casos de homicídios no ano, o Acre esteve entre os estados mais violentos do país, segundo dados do Monitor da Violência do site G1. Durante todo o ano foram 312 homicídios em uma proporção de 35.89 a cada 100 mil habitantes, em 2018, esse índice foi ainda maior chegando a incríveis 47.51.

A redução significativa entre os dois anos seguiu no ano de 2020, que apesar de ter começado com indíces chocantes para a população, teve uma queda significativa nos meses seguintes. No mês de fevereiro, referência para o Monitor da Violência, o Estado do Acre teve 18 mortes violentas, em um índice de 2.04 por 100 mil habitantes, não estando nem mesmo entre os 15 primeiros colocados no país.

No mesmo período em 2019, tivemos 30 homicídios e o índice chegou a 3,45. As mortes violentas são causadas principalmente por disputas de territórios entre instituições criminosas que operam no estado. O Estado do Ceará, no Nordeste brasileiro, segue liderando a lista de mais violento do país.

Post navigation

Anderson Siqueira

Editor-chefe, escritor, professor de idiomas e assina o Blog do Siqueira