Vespas assassinas chegam ao continente americano e começam a se reproduzir rapidamente


Compartilhe

O mundo vive hoje o caos de uma pandemia viral que vem causando mortes por onde passa, vulcões adormecidos que estão voltando à ativa, crises políticas que quase iniciaram uma guerra mundial no início do ano, agora, elas vêm para contribuir com o apocalipse 2020, as vespas assassinas.

Mais comuns no Japão, onde são responsáveis por cerca de 50 a 60 mortes todos os anos, elas são conhecidas como Vespas Gigantes Asiáticas, devido ao seu tamanho que podem medir mais de 5cm. Além das maiores vespas do mundo, elas tem outra características, também são chamadas de vespas assustadoras pelos cientistas devido a alta letalidade de seu veneno.

Assim como o coronavírus, elas vieram da África e foram avistadas pela primeira vez nos Estados Unidos em dezembro, na ocasião, intrigou biólogos do país para descobrirem o que elas estavam fazendo ali. Acontece que de um tempo pra cá elas vêm se reproduzindo em velocidade assustadoras, causando pânico em apicultores, entomologistas e claro em pobres mortais como nós. Será que elas podem chegar até o Brasil? Ainda não sabemos, mas se você se deparar com uma dessas por aí, tente não se desesperar, elas atacam com mais frequência quando se sentem ameaçadas.

+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0

Post navigation

Anderson Siqueira

Editor-chefe, escritor, professor de idiomas e assina o Blog do Siqueira
Close Bitnami banner