Ulysses sinaliza candidatura ao governo e causa clima de tensão no Palácio Rio Branco


Compartilhe

O Comandante Geral da Policia Militar do Estado do Acre, Ulysses Araújo, sinalizou que tem intenção de ser candidato ao governo em 2022. A informação, no entanto, tem incomodado os articuladores políticos do Governo, que já trabalham no sentido de desbancar o coronel do comando da PMAC.

O Policial Militar é o terceiro a assumir o comando da instituição desde que Gladson assumiu o executivo estadual e tem se destacado em virtude da diminuição dos índices de violência, sobretudo do número de homicídios. Segundo o Monitor da Violência do site G1, em 2019, o Acre estava entre os estados mais violentos do país. Em 2020, com uma redução significativa, o estado acreano não figura nem entre os 15 primeiros colocados do Brasil.

Ulysses enfatizou que abriu mão da disputa do governo em 2020, mas que seu grupo político, o PSL, pensará nas eleições em 2022. “Eu vou analisar essa situação só em 2022. Vamos fazer uma pesquisa e avaliar. Penso que poderei concorrer de deputado federal para cima, mas não sei. São uma série de conjecturas”, afirmou o coronel.

+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0

Post navigation

Redação

O Correio 68 é um site de notícias fundado em 2020 que tem o compromisso de trazer tudo o que o acreano precisa saber para se manter bem informado.
Close Bitnami banner