Com problemas financeiros, Rio Branco deve contratar treinador local para restante do campeonato


Compartilhe

A pandemia global do novo coronavírus atrasou calendários esportivos em todo o mundo, o campeonato acreano está suspenso desde o dia 17 de março, fazendo com que alguns clubes passem por dificuldades para conseguir manter seu elenco, como é o caso do Rio Branco que na temporada terá que procurar o seu terceiro treinador.

No início da temporada, o clube apostou em Luciano Chequini para comandar a equipe, Chequini havia atuado como auxiliar técnico do Cruzeiro (MG) por quatro anos e já havia treinado equipes da Angola, Jamaica e Austrália, mas no Estrelão não teve sucesso, o time acabou sendo eliminado ainda na primeira fase do primeiro turno, ficando em terceiro lugar do Grupo B. Apesar de ter empatado com nove pontos com Atlético-AC e Plácido de Castro, com o mesmo número de vitórias, o time caiu no saldo de gols. Enquanto o Estrelão tinha apenas um gol de saldo positivo, os outros dois tinham nove e sete, respectivamente.

A eliminação causou a demissão de Chiquini e o Rio Branco anunciou o ex-jogador Ico para o cargo, mas visando uma candidatura política nas eleições de 2022, Ico acabou deixando o Estrelão sem nem ao menos realizar uma partida.

Agora a tarefa é encontrar o terceiro técnico da temporada, “Nós temos uma relação de bons nomes, vamos analisar cada um e escolher o melhor para a equipe”, disse o presidente do clube, Neto Alencar.

+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0

Post navigation

Anderson Siqueira

Editor-chefe, escritor, professor de idiomas e assina o Blog do Siqueira
Close Bitnami banner