Resistência: os três únicos municípios do Acre que não registraram casos de coronavírus


No dia 17 de março, o Acre confirmava seus três primeiros casos do novo coronavírus, hoje, apenas dois meses depois já são 1.785 casos, com 57 mortos. 19 dos 22 municípios do Estado foram atingidos pela doença. O destaque é para a capital Rio Branco que tem 73,78% dessas confirmações e foi responsável por levar o vírus para muitos desses municípios.

Até mesmo municípios isolados como Santa Rosa do Purus já registraram casos de Covid-19, das 13 notificações que Santa Rosa recebeu, dois foram confirmados. Em meio ao caos, três municípios conseguiram resistir ao avanço do vírus e não registraram, ainda, nenhum caso de que a doença tenha conseguido entrar em seu território.

Jordão

Com menos de 10 mil habitantes, a então chamada Vila Jordão só passou a ser município em 1992 quando se desmembrou de Tarauacá. Jordão é o município com a maior altitude do Estado do Acre e é uma de suas cidades que vivem isoladas, sendo seus únicos meios de entrada, o avião e o barco.

Devido ao isolamento natural, Jordão ainda não registrou sequer uma única notificação de sintomas da doença, ainda no início da pandemia, em março, o prefeito Elson Farias (PCdoB) restringiu voos ao município, o que pode ter contribuído bastante para o excelente índice.

Porto Walter

No Oeste do Acre, Porto Walter tem um pouco mais de 10 mil habitantes e é uma das colônias de imigrantes alemães do Estado. Mesmo fazendo grande fronteira com Cruzeiro do Sul, que já registra 162 casos, o município conseguiu até o momento ficar livre do vírus. Quatro pessoas já chegaram a dar entrada com sintomas, mas os exames descartaram que fosse Covid-19.

Manoel Urbano

Também nas proximidades dos 10 mil habitantes, Manoel Urbano é dos municípios que não registraram casos, o mais próximo do epicentro da doença no Acre, a capital Rio Branco. Esse índice ainda pode mudar neste sábado (16), já que das 17 pessoas notificadas com sintomas da doença, 16 foram descartadas e uma ainda segue em análise.

 

Post navigation

Anderson Siqueira

Editor-chefe, escritor, professor de idiomas e assina o Blog do Siqueira