Taxista que tentou matar ex-mulher é preso e confessa o crime


Compartilhe

O taxista Felipe Azevedo, que estava foragido da justiça, acusado por tentar matar a ex-namorada no dia 22 de maio, foi preso na noite desta segunda-feira por investigadores da Delegacia da Mulher.

O taxista confessou o crime e foi indiciado por tentativa de feminicídio. A mulher, uma gestora hospitalar em uma unidade de Senador Guiomar foi ferida no ombro e no pescoço por disparos de arma de fogo, no bairro Santa Helena, em Rio Branco. A causa teria sido o fato do homem não aceitar o fim do relacionamento.

Post navigation

Anderson Siqueira

Editor-chefe, escritor, professor de idiomas e assina o Blog do Siqueira
Close Bitnami banner