Fake news é compartilhada e induz reabertura de igrejas no Acre


Compartilhe

Uma mensagem falsa tem circulado em grupos de WhatsApp do estado com a informação de que as igrejas já estariam autorizadas a reabrirem, mesmo durante a pandemia.

A fake news foi criada há dois dias e utiliza como base o Projeto de Lei apresentado e aprovado no plenário da Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), que torna igrejas e os templos de qualquer culto atividade essencial durante o período de calamidade pública.

O Projeto de Lei existe, é de autoria da deputada estadual Dra. Juliana (Republicanos) e foi aprovado, porém depende da sanção governamental. Portanto, até que ocorra a sanção e a publicação em Diário Oficial, as igrejas e outros templos permanecem impedidos de reabrirem. 

O PL ainda passará pelo crivo do Governador Gladson Cameli (PP), que tem a prerrogativa de vetar integral ou parcialmente, bem como de aprovar e promover a sua sanção. 

 

 

+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0

Post navigation

Redação

O Correio 68 é um site de notícias fundado em 2020 que tem o compromisso de trazer tudo o que o acreano precisa saber para se manter bem informado.
Close Bitnami banner