Deputado Luís Tchê sugere parceria público-privada entre governo e operadoras de internet para gratuidade em conteúdos de aulas online


Compartilhe

Com o Acre ultrapassando os 8 mil casos confirmados do novo coronavírus, ainda é cedo para prever quando a pandemia irá acabar, preocupado com a situação da educação, o deputado estadual José Luís Tchê (PDT) sugeriu em sessão remota na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac) nesta terça-feira (9), uma parceria entre o governo e operadoras de internet para que as plataformas de Educação a Distância (EAD) sejam disponibilizadas de forma gratuita para os estudantes durante a pandemia.

“Esse coronavírus tem mudado os hábitos das pessoas, para diminuir as chances de contágio a recomendação é de que todo mundo precisa ficar em casa e de que forma vamos estudar? Vamos achar as alternativas. Vamos nos reinventar. E em uma tentativa de tornar essa realidade mais fácil fiz uma indicação ao Governador Gladson”, disse o deputado.

Tchê ainda completou: “a ideia é promover um chamamento público para que as operadoras de internet no Estado firmem uma parceria público-privada com o objetivo de isentar o acesso na plataforma utilizada pelo governo em EAD, no consumo de dados”.

A proposta, como complementou o deputado Daniel Zen (PT) que elogiou a ideia de Tchê, é fazer com que ao invés do usuário pagar por esse pacote de dados que ele vai utilizar, quem fará o pagamento é aquele que veicula o conteúdo, para que os alunos que não tenham o pacote de internet em casa ou em seus dispositivos móveis possam acessa-los e fazer os downloads de forma gratuita.

+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0

Post navigation

Anderson Siqueira

Editor-chefe, escritor, professor de idiomas e assina o Blog do Siqueira
Close Bitnami banner