O comovente desabafo de um profissional acreano da saúde ao presenciar mais uma morte por Covid-19


Compartilhe

Raimundo Ananias é um fisioterapeuta que tem trabalhado na linha de frente no combate à Covid-19, doença causada pela espécie de coronavírus Sars-Cov-2. Após o Acre passar dos 8 mil casos confirmados e 211 mortes, Ananias fez um desabafo em sua rede social relatando como foi presenciar mais uma vítima sendo levada pelo serviço funerário na capital acreana.

Confira na íntegra:

“Tenho refletido tanto esses dias, o coração aperta, a alma grita e chora de desespero as vezes, chora de aflição… aflição por me colocar no lugar das famílias que não podem ver seus parentes entubados, por não poderem dar seu último adeus aos que infelizmente falecem.

Confesso que tenho sido até forte esses tempos, mas hoje me deparei com uma cena super “comum”, porém, ainda não tinha presenciado sozinho. Como dói ver o serviço funerário no necrotério do hospital preparando mais um corpo, são sacos, fitas para lacrar bem, muito álcool, apenas umas identificação e no final é apenas mais um corpo que se vai é que a tarde vai virar uma estatística.

Meu corpo hoje chorou de desespero ao ver tudo aquilo, já presenciei cenas piores, mas me coloco no lugar dos familiares, afinal, também somos humanos.

Você que também é profissional de saúde seja solicito, as vezes tem familiar que só precisa de uma palavra de amor e afeto, foi o que eu fiz !

COVID 19 nós vamos vencer você”

+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0

Post navigation

Anderson Siqueira

Editor-chefe, escritor, professor de idiomas e assina o Blog do Siqueira
Close Bitnami banner