Operação Assepsia da PF cumpre buscas e mandados de prisão em Rio Branco nesta quarta-feira


Compartilhe

A Polícia Federal desencadeou nesta quarta-feira (10) a Operação Assepsia e cumpre buscas e mandados de prisão temporária em órgãos públicos, empresas, escritórios de advocacia e endereços residenciais em Rio Branco (AC), Porto Velho (RO) e Santo André (SP) e São Bernardo do Campo (SP).

Na operação, seis pessoas foram intimadas a prestarem esclarecimentos. Cerca de 46 agentes federais fazem parte do efetivo destinado à ação, além de dois auditores da Controladoria Geral da União (CGU). Um dos alvos da investigação na capital acreana são as possíveis fraudes na aquisição de máscaras e álcool gel para o enfrentamento ao coronavírus pela prefeitura de Rio Branco.

Segundo a superintendência da Polícia Federal no Acre, os envolvidos estão sendo investigados pelos crimes de peculato, associação criminosa, corrupção passiva, corrupção ativa e falsidade ideológica, além de dispensa indevida de licitação e lavagem de dinheiro.

A investigação início ainda no mês de abril, após a Secretaria Municipal de Saúde do Município de Rio Branco (SEMSA) publicar homologação de dispensa de licitação para aquisição de mais de 70.000 litros de álcool gel e quase um milhão de máscaras. O valor da contratação foi de R$ 6.993.975,00 e a previsão da SEMSA foi de consumir os produtos em apenas quatro meses.

 

+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0

Post navigation

Redação

O Correio 68 é um site de notícias fundado em 2020 que tem o compromisso de trazer tudo o que o acreano precisa saber para se manter bem informado.
Close Bitnami banner