Pré-candidatos e diretório municipal do PSL rejeitam ida de Major Rocha para o partido


Compartilhe

Os planos do vice-governador do Acre, major Wherles Rocha (PSDB) de ir para Partido Social Liberal (PSL) pode não ter tanto sucesso, apesar do convite feito pelo presidente do partido, o deputado federal Luciano Bivar (PSL-PE), o fato não agradou a liderança municipal e nem os pré-candidatos para as eleições 2020.

Em nota, o diretório municipal do partido em Rio Branco disse que é contra a chegada do vice-governador, o que poderia trazer “desdobramentos extremamente danosos à imagem do partido”. Uma vez também, que a ida de Rocha para o partido seria para apoiar a candidatura de Minoru Kinpara (PSDB) para a prefeitura de Rio Branco, que é visto como alguém de ‘viés esquerdista’, Minoru se candidatou ao cargo de senador em 2018 pela Rede Sustentabilidade, de Marina Silva.

Major Rocha chegou a convocar uma coletiva de imprensa na tarde de quarta-feira (24) onde disse que teria ‘90% de chance’ de sair do PSDB, onde está há 10 anos, e integrar o PSL. Ainda na noite de quarta, os diretórios municipais lançaram nota de repúdio rechaçando a vinda do militar para a sigla.

Assinaturas da diretoria e pré-candidatos do PSL
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0

Post navigation

Redação

O Correio 68 é um site de notícias fundado em 2020 que tem o compromisso de trazer tudo o que o acreano precisa saber para se manter bem informado.
Close Bitnami banner