Ex-atriz pornô, Mia Khalifa pede para que garotas não entrem na indústria pornográfica: ‘os vídeos me assombram até hoje’

0
51

A libanesa Mia Khalifa tem apenas 27 anos de idade e se dedica a ser influenciadora digital e comentarista da NFL – campeonato de futebol americano – mas a maioria das pessoas conhecem ela por três meses que ela caracteriza como sombrios em sua vida, entre o final de 2014 e início de 2015, Mia gravou 11 filmes pornográficos que a tornaram mundialmente famosa.

Seus traços do Oriente Médio em meio ao pânico que o mundo vivia devido aos ataques do Estado Islâmico na época, tornou um ambiente propício para o fetiche de mulheres árabes na indústria pornográfica, com várias atrizes, Mia nunca imaginou que se tornaria um fenômeno mundial, mas hoje se arrepende e orienta outras garotas a não entrarem nesse ramo de trabalho: “Esses 11 vídeos vão me assombrar até eu morrer, e eu não quero que outra garota passe por isso – porque ninguém deveria”.

Nos três meses em que trabalhou para o pornô, Mia arrecadou um pouco mais de R$ 60 mil, dinheiro que segundo ela, não paga os danos psicológicos causados. Em uma série de vídeos no TikTok, a atriz expôs seu ponto de vista, alertando para os riscos psicológicos de se trabalhar na indústria pornô. Muita gente se sensibilizou com os relatos e outras se espantaram com a fama trazida com “apenas” três meses de carreira.

Apesar de estar “aposentada” há cinco anos, Mia Khalifa é até hoje uma das pessoas que já foram atrizes pornográficas mais famosas do mundo e seus vídeos continuam entre os mais procurados em diversos sites de conteúdo adulto.

Deixe uma resposta