Operação Hórus: Polícia invade reunião de três facções criminosas e prende integrantes

0
58

Em cumprimento da Operação Hórus do Programa Vigia do Ministério da Justiça, o 5º Batalhão de Polícia Militar (5 BPM) com apoio do Grupo Especial de Fronteira (Gefron)  receberam informações do Núcleo de Inteligência da PM de que uma reunião entre integrantes das facções criminosas Bonde dos 13, PCC e Ifara aconteceria no bairro José Hassem, no município de Epitaciolândia, na fronteira com a Bolívia na última sexta-feira (26).

Os policiais se dirigiram ao local e ao passar pela rua São Sebastião, avistaram um suspeito que tentou fugir mas foi capturado logo em seguida, ao ser interrogado, o suspeito confessou que teria fugido por medo, pois estava indo para a reunião das facções. O suspeito indicou qual seria a casa exata onde a reunião aconteceria, na rua João Vieira da Silva, e os policiais logo fizeram um cerco no local.

Com o cerco policial, alguns membros das facções tentaram fugir, dois deles já conhecidos da polícia, identificados como Enzo e Gabriel conseguiram escapar, levando drogas e duas armas de fogo. Mas outros dez criminosos foram capturados, sendo cinco maiores de idade e cinco menores, com idades entre 16 e 20 anos, a maioria já possuía passagens pela polícia por diversos crimes.

Com eles foram apreendidos, 01 Balança de Precisão, 36 barras de substância análoga à maconha, pesando aproximadamente 0,40 gramas, 01 trouxa de substância esbranquiçada aparentando ser cocaína pesando 0,05 gramas; 04 trouxinha de substância esbranquiçada pesando no total 0,04 gramas; 01 pote de plástico com substância esbranquiçada aparentando ser cocaína e pesando 138 gramas; linha de costura e sacos plásticos; 01 Arma de fogo tipo escopeta, sem numeração aparente, municiada com com cartucho intacto e dois sobressalentes. O prejuízo aproximado para o crime foi de R$ 4.819,00 reais.

Arma apreendida na operação. Imagem/Operação Hórus

No dia seguinte às prisões, os policiais receberam uma denúncia de que durante a abordagem, um dos suspeitos que tentou fugir e foi capturado teria escondido uma mochila azul, os agentes foram até o local indicado e localizaram a mochila que continha uma escopeta calibre 20 sem número de série, com cartucho intacto. O acusado que escondeu a mochila, confessou que a arma foi deixada com ele por um homem chamado Gabriel (que conseguiu fugir) para que pudesse fazer a guarnição do local.

Todos os suspeitos e os produtos apreendidos foram encaminhados à delegacia de Epitaciolândia para os procedimentos padrões.

Deixe uma resposta