Morre Leilane Ribeiro, diretora da OCA, na UTI do Hospital Santa Juliana

0
98

A diretora da Central de Serviço Público (OCA), Leilane Ribeiro de Oliveira, morreu no início da noite desta segunda-feira (29), na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Santa Juliana, onde estava internada em maio após sofrer um Acidente Vascular Cerebral (AVC).

Leilane era agente administrativa da Polícia Federal, foi candidata a deputada federal nas eleições de 2014 obtendo 2.866 votos e chegou a ser indicada para o cargo de presidente do Acreprevidência, atualmente ela trabalhava na direção da Seplag. Ela era natural da cidade de Cruzeiro do Sul.

Em nota, o governo do Estado se manifestou:

“Manifestamos nossas sinceras condolências à família enlutada, ao mesmo tempo em que declaramos toda honra à esta jovem e brava mulher acreana de Cruzeiro do Sul, servidora de carreira da Polícia Federal, que pautou sua história de vida pelo trabalho e dedicação à família e às causas sociais”, diz nota que é finalizada com o desejo de consolo aos entes queridos.

Deixe uma resposta