Mudanças no MasterChef: saiba como será a próxima temporada


Compartilhe

Na próxima terça-feira (14), às 20h45 (horário do Acre), a Band estreia a 12ª temporada do MasterChef, desta vez dedicada a amadores. Mas, como em nossas vidas, a pandemia de Covid-19 trouxe mudanças ao programa. O que não muda é a apresentadora Ana Paula Padrão e os jurados Érick Jacquin, Paola Carosella e Henrique Fogaça. Segundo Paola disse na coletiva de lançamento da temporada outra coisa também não muda: “vence o sabor”.

Saiba como será esta temporada do MasterChef!

A dinâmica

A principal mudança neste sentido é que cada episódio terá um vencedor. Oito cozinheiros começam na briga pelo título. Após duas, no máximo três provas ー todas individuais ー, o melhor da noite será escolhido. Na semana seguinte, serão outras pessoas e outro vencedor. “Cada episódio se resume a si mesmo para reduzir o tempo de estúdio. Esse formato tem uma coisa boa que é darmos chance a mais pessoas, já que serão oito por episódio”, comenta Ana Paula Padrão. A apresentadora garante que ficou mais emocionante, por ser mais rápido.

As provas

Duas grandes mudanças aparecem logo de cara nas provas deste MasterChef: todas são individuais e os cozinheiros terão que fazer três pratos, um para cada jurado. “Fazer três pratos iguais vai ser parte do desafio”, afirma a diretora Marisa Mestiço.

Em um vídeo exibido para a imprensa algumas provas puderam ser vistas. Não vai faltar, por exemplo, a esperada caixa misteriosa, desta vez com pratos escolhidos por famosos. Massa recheada, o hambúrguer perfeito e festa junina também serão alguns dos temas explorados.

Marisa ainda adianta que houve a preocupação de trazer o dia a dia para as provas, como uma tentativa de aproximação com o público, como o uso de ingredientes da cesta básica e os que estão na geladeira de quem assiste. “Trazer ingredientes mais populares, mais facilmente encontrados é muito rico e emocionante”, comemora Paola Carosella.

O cenário

Ano novo, cenário novo. Esta edição do MasterChef trará um mezanino maior, com mais espaço para provas interativas, já que não poderá haver aglomeração ali. O mercado também foi ampliado com a mesma intenção e algumas paredes foram derrubadas. A impressão é de amplitude mesmo.

Além disso, os jurados não ficam mais no mesmo púlpito ー cada um tem o seu cantinho, onde provará os pratos.

As precauções

As precauções por causa da covid-19 começam nos bastidores: equipe toda de máscaras, com mãos constantemente higienizadas e tomando as devidas medidas de segurança. Os alimentos também passam por cuidadosa higienização.

No ar, o mercado é palco de uma das adaptações. “O mercado está um pouco diferente. Os participantes vão às compras em quatro pessoas e eu faço a contagem regressiva do lado de fora. É como na vida: a gente não vai mais ao mercado como antes”, explica Ana Paula Padrão.

A diretora Marisa Mestiço comenta que outra mudança foi em prol do distanciamento. Os jurados continuam indo à bancada, mas ficam mais longe. “Enquanto o participante está no fogão, por exemplo, o jurado está na outra ponta, na pia”, exemplifica.

Os prêmios

O vencedor de cada episódio levará para casa o troféu do MasterChef (em uma versão mais minimalista, desta vez), R$ 5 mil em dinheiro e prêmios dos patrocinadores. É tempo de solidariedade. Então a cada episódio a mesma quantia em dinheiro será doada a uma instituição de caridade. Serão contempladas instituições de todo o país de vários segmentos.

Com informações do Correio Braziliense

+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0

Post navigation

Anderson Siqueira

Editor-chefe, escritor, professor de idiomas e assina o Blog do Siqueira
Close Bitnami banner