Fim da novela, Gladson Cameli deixa o Progressistas e vai para o PSDB


Compartilhe

Após muito rumores sobre a saída do governador Gladson Cameli do Progressistas e ele ter dito que ficaria no partido, o chefe do executivo acreano finalmente traçou o seu destino e a convite de lideranças nacionais decidiu ir para o Partido Social Democrático Brasileiro (PSDB), que recentemente foi deixado pelo seu vice-governador, o major Rocha, que foi para o Partido Social Liberal (PSL).

No novo partido, Gladson continuará o impasse sobre quem apoiar nas eleições municipais deste ano, já que o PSDB já lançou o ex-reitor da Ufac, Minoru Kinpara como pré-candidato a prefeito de Rio Branco. Gladson no entanto, até então vem mantendo apoio à atual prefeita, Socorro Neri, do Partido Social Brasileiro (PSB).

Cameli foi convidado por outros três governadores tucanos para se filiar à sigla, sendo eles João Doria (SP), Reinaldo Azambuja (MS) e Eduardo Leite (RS). Também teve o aval dos líderes do partido na Câmara, Carlos Sampaio, e no Senado, Roberto Rocha.

O governador confirma que sua filiação ao PSDB deve acontecer na primeira quinzena de agosto. “Vou chegar a Rio Branco e chamar o diretório para conversar e sentir. Não quero fazer uma coisa ao estilo ditadura. Vamos fortalecer, com o aval da nacional”.

+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0

Post navigation

Anderson Siqueira

Editor-chefe, escritor, professor de idiomas e assina o Blog do Siqueira
Close Bitnami banner
Bitnami