No dia em que proibição vira lei, venda de linha chilena é feita até pela OLX no Acre

0
69

A prefeita Socorro Neri (PSB) sancionou e publicou em Diário Oficial nesta sexta-feira (31) a lei que proíbe a comercialização de cerol e linha chilena na cidade de Rio Branco.

O PL, que agora integra o arcabouço das leis municipais, é de autoria do vereador João Marcos Luz (MDB) e estabelece que o estabelecimento que comercializar e/ou fabricar o cerol ou linhas que contenham elementos cortantes está sujeito, na primeira ocorrência, à apreensão da mercadoria e multa no valor de dois mil reais. Em caso de reincidência, poderá ocorrer a cassação de alvará de localização e funcionamento, além do dobro da multa anteriormente fixada.

O curioso é que no dia em que a comercialização foi proibida na capital, é possível encontrar no aplicativo da OLX, pessoas vendendo a linha chilena na cidade.

Print do aplicativo OLX.

No perfil do anunciante, o mesmo se identifica como “Caio” e sua localização é no bairro Manoel Julião, em Rio Branco.

Print do aplicativo OLX.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui