Retratos da política acreana: fusão de Socorro e Minoru, Gladson no PSDB, Ulysses candidato; entenda o que está acontecendo

0
96
Imagem compara a união da chapa Socorro e Minoru com a fusão do anime Dragon Ball Z, de Akira Toriyama

O governador Gladson Cameli surpreendeu todos os acreanos com o anúncio de que deixaria o Progressistas (PP) para se filiar ao Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB), que até pouco tempo atrás era a sigla de seu vice-governador, Wherles Rocha, que saiu para ir para o Partido Social Liberal (PSL) e demonstrou apoio ao chefe do executivo em sua nova caminhada.

Para quem chegou agora e não está entendendo nada, Gladson vinha sofrendo desgaste no Progressistas desde que decidiu apoiar a reeleição de Socorro Neri, do Partido Socialista Brasileiro (PSB), negando apoio ao candidato ‘da casa’, Tião Bocalom, que compõe chapa com Marfisa Galvão do Partido Social Democrático (PSD), de Sérgio Petecão. No PSDB, Cameli poderia enfrentar o mesmo problema do partido anterior, já que os tucanos lançaram o ex-reitor da Ufac, Minoru Kinpara na disputa pela prefeitura de Rio Branco.

Entre tanta confusão política, a estilo Game of Thrones, o ex-chefe da Polícia Militar do Acre, coronel Ulysses Araújo decidiu tomar a frente da situação, quebrar o acordo com Minoru e em uma carta aberta lançou sua pré-candidatura também, pelo PSL. Mas o partido momentos depois, desvalidou a declaração, dizendo que o militar não responde pela sigla e mantém apoio ao PSDB.

Se você tiver conseguido entender toda essa confusão envolvendo as eleições municipais deste ano, tudo pode ter um motivo simples, a intenção de Gladson Cameli é unir os dois mais fortes candidatos em uma única chapa, Socorro Neri e Minoru Kinpara, resolvendo assim seus problemas.

O plano foi confirmado pelo próprio governador, em entrevista: “A ideia é unir o PSDB na candidatura da Socorro, com o Minoru Kinpara de vice. No entanto, isso será discutido com os dirigentes quando chegar ao Acre”, declarou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui