Bote Certo: O vexame catalão em terras lusitanas, diante dos bávaros


Voiced by Amazon Polly
Compartilhe

A história conta que portugueses e espanhóis sempre foram inimigos, e foi em território inimigo que o time catalão Barcelona caiu diante dos bávaros do Bayern de Munich, e não foi uma queda qualquer, foi um derrota humilhante, um sonoro 8×2 (que poderia ter sido 9×1, se não houvesse o VAR que anulou um gol Bávaro, e se o zagueiro/lateral Alaba não tivesse posto contra o próprio patrimônio no começo do jogo). E por falar no início do jogo, com apenas 7 minutos no estádio da Luz na cidade do Porto o placar já marcava 1×1, o time de Messi e companhia ainda criou 3 chances reais de gol seguidas, o que levaria o placar a 4×1, mas, como o que vale é bola na rede foi o Bayern com Perisic que fez o segundo gol aos 21 de partida e só pararia aos 89 com o segundo gol de Coutinho (olha a lei do ex acontecendo lá no velho continente).

Coutinho que não será comprado em definitivo pelo o Bayern como já anunciou Rumennigge (Craque nos gramados vestindo a camisa do Bayern, e hoje dirigente da equipe) e que não deve ser aproveitado pelo o Barcelona, que já teve seu nome ligado a vendas e até troca de jogadores da Premier League, Coutinho que entrou aos 30 do segundo tempo no lugar do excelente Gnabry (que havia marcado aos 27 da primeira etapa aquele que seria o 3º gol alemão),  deu uma assistência para o artilheiro da UCL e líder da chuteira de ouro na temporada, o polonês Lewandowski que alcançou seu 14 gol no torneio continental e está a3 do recorde de uma só temporada que pertence ao maior artilheiro da história da competição o português Cristiano Ronaldo que marcou  17 gols na temporada 13/14 do torneio. Coutinho ainda iria as redes aos 40 e aos 43, decretando uma histórica goleada, é a maior do confronto entre os clubes e se tornou a maior goleada de uma fase final de Liga dos Campeões na história.

Não bastasse tudo isso, leva a crer que é o fim de uma era no time catalão. Existem rumores que Messi, deve abandonar aquela que foi sua casa por mais de 20 anos e rumar para Milão, onde, na semana passa houve a divulgação que teria comprado uma cobertura em um dos condomínios mais luxuosos da cidade, a cerca de 15 minutos do centro de treinamento da Internazionale, time que é tem como acionistas um grupo bilionário de chineses. Seria esse o triste fim do casamento Messi e Barcelona? O que parece certo mesmo, é a saída do técnico Quique Setién, em reunião convocada ontem mesmo para a segunda-feira em Barcelona e uma possível reformulação no elenco.

Enquanto isso, o time bávaro segue brigando pelo o título continental sendo o principal favorito ao feito, tem o ataque mais positivo do continente europeu alcançou ontem a marca de 154 gols na temporada, sendo 39 somente na UCL.

Que venham os próximos capítulos dessa edição tão surpreendente de UCL.
Ah! Último fato histórico desse texto, é a primeira vez em 14 anos que Cristiano Ronaldo e/ou Messi não alcançam as semifinais do torneio.

+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0

Post navigation

Taynan Lima de Brito

Close Bitnami banner
Bitnami