Socorro Neri é sabatinada por jornalistas e fala de sua gestão e propostas

0
97

A prefeita e candidata à reeleição, Socorro Neri participou de sabatina promovida pelo site AC24Horas na noite desta quarta-feira, 28. Por aproximadamente uma hora ela foi questionada pelos jornalistas Astério Moreira, Luiz Carlos Moreira Jorge e Leônidas Badaró sobre temas como saúde, infraestrutura e mobilidade urbana, educação e também perguntas da população. A entrevista foi mediada pelo editor-chefe do site, Marcos Venícios Ferreira.

Logo no início, Socorro Neri teve cinco minutos livres para falar sobre sua gestão e o que pretende fazer em seu novo mandato caso reeleita. “Nós temos feito uma gestão que trouxe resultados que mesmo agora com a crise provocada pela pandemia nos deu condições de continuar fazendo a execução de todos os serviços, melhorando ruas, ramais e as ações e programas de saúde e educação”, disse.

Abordada sobre a Saúde, Socorro Neri respondeu que atualmente um dos maiores gargalos é fazer a contratação de médicos e que eles permaneçam no sistema municipal. Segundo ela, em sua gestão 25 profissionais foram contratados, mas a cidade também perdeu profissionais que atuavam no município pelo programa Mais Médicos. Socorro Neri40 disse ainda que se eleita vai estender o funcionamento das Unidades de Referência da Atenção Primária (URAPs).

“Uma das nossas ideias é trabalhar com um horário intermediário nessas unidades. A grande dificuldade que nós temos tido em Rio Branco é a fixação de médicos.  Temos feito de forma sistemática processos seletivos, mas não temos conseguido preencher as vagas. Hoje nós temos nas nossas unidades básicas de saúde 123 médicos, 50 deles são do Mais Médicos, perdemos 12 com a mudança do programa, e 73 são do quadro da Prefeitura”.

Ainda no tema Saúde, Socorro Neri falou sobre a pandemia do novo coronavírus. De acordo com ela, ao contrário de outras cidades felizmente Rio Branco viveu um colapso na saúde como outras cidades e que a parceria com o governo Gladson Cameli foi fundamental.

Sobre infraestrutura e mobilidade urbana, Socorro Neri disse que o trabalho de pavimentação começou a chegar em ruas que nunca haviam sido beneficiadas antes. “Nós temos um orçamento que é muito menor do que a quantidade de problemas que temos pra resolver numa cidade tão espraiada e sem planejamento como é Rio Branco. Nesses dois anos nós buscamos trabalhar com critérios porque o dinheiro não dava pra fazer tudo o que deveria ser feito, mas nesse ano nós já conseguimos fazer muito mais que em 2018 e 2019. Estamos conseguindo chegar em locais que nunca antes foram atendidos. Nas andanças que faço pela cidade ouço relatos das comunidades nas áreas periféricas de que elas esperaram 20, 30 anos para terem suas ruas asfaltadas”.

Socorro Neri também foi perguntada sobre a educação na capital e lembrou que em sua gestão Rio Branco avançou da terceira para a segunda melhor posição entre as capitais brasileiras no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb). A prefeita também destacou os programas de formação continuada dos professores e o fato de sua gestão ter conseguido tornar Rio Branco como o única capital brasileira sem professores com contratos provisórios.

Em suas considerações finais Socorro Neri agradeceu ao governador Gladson Cameli e afirmou que a união entre o governo do Estado e a Prefeitura de Rio Branco tem o único objetivo de melhorar a vida das pessoas.

“Quero aproveitar esse momento para agradecer a todos. Ao Eduardo Ribeiro que é esse vice que veio pra somar e agregar muito à nossa candidatura. Agradecer ao governador Gladson Cameli, aos oito partidos da nossa coligação, ao meu partido, o PSB, e aos 156 candidatos a vereador que estão conosco. Quero fazer um convite para que no dia 15 de novembro tenhamos um momento vitorioso para todos que escolheram Rio Branco para viver”, finalizou.

Fonte: ASCOM

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui