DESENVOLVIMENTO

Laboratórios da Funtac fazem pesquisas e estudos com produtos regionais


Voiced by Amazon Polly
Compartilhe

A Fundação de Tecnologia do Acre (Funtac) possui, em sua estrutura, sete laboratórios que contribuem para o desenvolvimento de pesquisas regionais.

Entre eles está a unidade que trabalhava, a princípio, com óleos vegetais e essências, promovendo a análise e estudo da viabilidade econômica dos insumos para auxiliar os produtores e indicar produtos que possam ser comercializados, mas que passou ter a outra produção em decorrência da pandemia.

A química responsável pelo laboratório de produtos naturais, Gessica Sampaio, conta que atualmente a maior demanda é referente à produção de álcool gel e líquido, fabricado e distribuído aos servidores e órgãos do Estado, como medida de prevenção e combate à Covid-19.

Funtac realiza doação para órgãos estaduais. Foto: José Caminha/Secom

Outro local de estudos que contribui para a qualidade da execução de obras civis, sejam ruas ou edifícios públicos ou privados, é o laboratório de concreto e argamassa, onde é feito o desenvolvimento de pesquisas e a prestação de serviços para empresas de controle tecnológico de concreto.

“Os materiais são enviados e fazemos as análises que testam a resistência para a finalidade pretendida. Além de fazer o estudo e garantir mais segurança, esse trabalho contribui para o processo de fiscalização, em que são comparados os dados do projeto com o material coletado e serve como referência de controle de qualidade para os solicitantes”, relata o pesquisador da  Funtac, Willian Abreu.

O laboratório realiza a análise do solo para identificar o material mais indicado para a aplicação. Foto: José Caminha/Secom

Já o laboratório de análise do solo faz estudos para o governo ou empresas privadas, testando a resistência dos materiais e os mais indicados a serem utilizados em cada local. “Com isso, sabemos a durabilidade do material para o solo, seja asfalto ou outro”, conta o chefe de departamento da Funtac, Jean Félix.

Campo de Estudo

A Funtac selecionou 30 projetos de estudantes de graduação, que estão sendo desenvolvidos dentro da fundação, além de ofertar 28 bolsas de doutorado e 35 de mestrado, proporcionando um ambiente para o desenvolvimento de pesquisas regionais.

A estudante de mestrado em Geotecnia pela Universidade Nacional de Brasil (UnB) Carla Alves vem desenvolvendo sua pesquisa no laboratório da Funtac desde fevereiro.

“Meu projeto é conhecer a famosa “tabatinga”, da parte mineralógica mesmo, estrutural, ver o comportamento físico e químico dela. Se não fosse pela estrutura disponível aqui, seria impossível fazer”, aponta.

+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0

Post navigation

Agência de Notícias

Close Bitnami banner
Bitnami