COMBATE À HOMOFOBIA

PDT e PSB se posicionam contra ato de homofobia vivido por acreano


Voiced by Amazon Polly
Compartilhe

Em meio ao caso vivido pelo jovem Lucas Lima, de 22 anos, morador de Sena Madureira que foi expulso de casa pelo próprio pai após ser vítima de um trote do agora extinto canal no YouTube, Submundo Podcast, as pessoas foram às redes sociais mostrar suas indignações e protestos, no meio político, também se posicionaram por meio de notas o Partido Democrático Trabalhista (PDT) e o Partido Socialista Brasileiro (PSB).

>> LEIA MAIS:

O PDT emitiu nota de repúdio através do movimento LGBTQIA+ do partido, o secretário de Gênero e Diversidade, Murilo Augusto Netto, enfatizou que o ato foi criminoso e se solidarizou não só com Lucas, mas também com o digital influencer Pablo Charife, que também foi mencionado no vídeo. “A orientação sexual do outro não é e nem pode ser uma piada”, diz trecho da nota. O PDT informou ainda que oficiou os órgãos competentes para que o conteúdo do vídeo seja avaliado e as possíveis representações criminais encaminhadas.

O PSB também emitiu nota de repúdio através do movimento LGBT Socialista, que tem como secretário Makson de Sales Rocha, ele afirma que o trote teve teor “altamente homofóbico e carregado de preconceito”. Em trecho, é dito: “É triste ver que em pleno século XXI, após significativas conquistas a nível nacional, comunicadores ainda tem a infeliz atitude de utilizar os meios de comunicação e plataformas para atacar e denegrir pessoas”.

+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0

Post navigation

Anderson Siqueira

Editor-chefe, escritor, professor de idiomas e assina o Blog do Siqueira
Close Bitnami banner
Bitnami