GREVE NA SAÚDE

Após início de greve, governo envia proposta para sindicatos da Saúde


Voiced by Amazon Polly
Compartilhe

O governador Gladson Cameli usou as redes sociais, na tarde deste sábado, 12, para se dirigir especificamente aos trabalhadores da Saúde do Estado. Em um vídeo transmitido ao vivo, o chefe do Executivo apresentou as propostas específicas que foram encaminhadas aos sindicatos que representam todos os colaboradores do setor.

“Quero aqui falar com os servidores da saúde do nosso estado, esses guerreiros que sempre têm nos ajudado a amenizar a dor das pessoas. Quero aqui comunicar as propostas encaminhadas ao vossos sindicatos. O governo está fazendo tudo o que pode para valorizar o servidor público. Eu peço a cada um, mesmo que as condições não sejam favoráveis, que não percam a fé a esperança. Porque juntos vamos cada vez, construir, não só um ambiente de trabalho, mas um Acre melhor e justo para todos nós acreanos. Eu peço que possamos estar unidos para que a gente amenize a dor do povo “, disse Gladson.

Em um documento assinado pelo secretário de Estado da Saúde, Alysson Bestene, e pelo secretário da Casa Civil, Flávio Silva, o governo encaminhou neste sábado, 12, uma contraproposta aos representantes dos Sindicatos do setor, que anunciaram paralisação das atividades a partir de segunda-feira, 14.

O documento foi encaminhado para o conhecimento dos representantes do  Sindicato dos Médicos do Acre (Sindmed), Sindicato dos Trabalhadores em Saúde (Sinteac), Sindicato dos Odontologistas do Estado do Acre (Sinodonto), Sindicato dos Farmacêuticos do Acre (Sindifac), Sindicato dos Profissionais Auxiliares e  Técnicos de Enfermagem e Enfermeiros do Acre (Spate), Sindicato dos Condutores de Ambulância do Acre (Sindconam), Sindicato dos Enfermeiros do Estado do Acre (SEE/AC) e Sindicato dos Biomédicos do Acre (Sinbiome).

“A gente vinha negociando, conversando. Apresentamos a primeira proposta e os sindicatos recusaram.  Apresentamos a segunda e estamos aguardando a manifestação. Ressalto que o governo sempre esteve aberto para negociações, sem qualquer barreira para ouvir os representantes das classes”, garantiu Alysson Bestene.

O gestor explicou ainda que a contraproposta contempla, quase que em sua totalidade, as reivindicações do trabalhadores apresentadas pelos sindicatos, garantindo inclusive o pagamento de insalubridade até dezembro.

Conheça as propostas que o governo encaminhou aos sindicatos

– Revisão do laudo técnico das condições no ambiente de trabalho, com cronograma e a participação dos sindicatos, ainda em 2021

– A percepção da dobra da insalubridade no meses de julho a dezembro, para os servidores que já recebem

– Para os servidores que não são beneficiados com pelo adicional de insalubridade e nos casos em que este não atingir o teto de R$ 325,00, estes receberão o Auxílio Temporário de emergência em saúde, no valor do teto entre julho e dezembro de 2021

– Publicação do edital do concurso público efetivo na área da saúde até o final do ano em curso

– A correção inflacionária nos termos permitidos em lei, etapa alimentação e aplicação do novo laudo Técnico das Condições de Ambiente de Trabalho, LTCAT, devidamente aprovado pelos Sindicatos no primeiro semestre de 2022

– Mesmo diante dos impedimentos para encaminhamento à Aleac, a conclusão da revisão do PCCR até dezembro de 2021.

+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0

Post navigation

Agência de Notícias

Close Bitnami banner
Bitnami