AMIGO DO CRIME

Policial Penal preso em flagrante em Rio Branco tinha cartão de memória com pastas que levavam nomes de detentos


Voiced by Amazon Polly
Compartilhe

Os policiais penais Francisco Jeferson Gomes de Morais e Genildo Gabriel da Silva tiveram a prisão preventiva decretada, no último final de semana, após serem presos em flagrante, ao chegarem para trabalhar no Complexo Penitenciário de Rio Branco na sexta-feira (11), levando drogas, cartas, chips de celulares e cartões de memórias para dentro da unidade.

>>> Policiais Penais são presos com drogas e cartas que seriam entregues a detentos no Francisco D’Oliveira Conde 

A homologação da prisão em flagrante e indeferimento do pedido de liberdade provisória foram determinados pelo juiz Alesson Braz, que estava no plantão da justiça do sábado (12). Na decisão, foi pedido que fossem expedidos os mandados de prisão preventiva dos dois envolvidos.

Ainda segundo o processo, o cartão de memória encontrado com Genildo continha diversas pastas com informações de familiares de presos. Entre elas, uma carta da esposa de um preso para ele. A polícia também achou conversar do policial penal com familiares de presos dos pavilhões A, B, C, D, E, O e, principalmente, P, onde ocorreu fuga na madruga desta terça-feira (15).

+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0

Post navigation

Redação

O Correio 68 é um site de notícias fundado em 2020 que tem o compromisso de trazer tudo o que o acreano precisa saber para se manter bem informado.
Close Bitnami banner
Bitnami