GP DO BAHREIN

Hamilton diz que “era inútil” tentar segurar Verstappen: “Me alcançaria de qualquer jeito”


Voiced by Amazon Polly
Compartilhe

Hamilton e Max Verstappen nesta empolgante temporada 2021 da Fórmula 1. Os dois grandes protagonistas do campeonato lutaram diretamente pela vitória, com ultrapassagens decisivas realizadas nas últimas voltas, nos GPs do Bahrein, da Espanha e, desta vez, no GP da França do último domingo (20). Em cenário inverso ao que foi visto em Barcelona, desta vez Verstappen foi a caça contra Hamilton, que não teve sequer como defender sua posição de líder na penúltima volta diante do melhor ritmo da Red Bull #33 do piloto holandês.

Hamilton recordou que, no fim das contas, a ultrapassagem feita por Verstappen aconteceria de qualquer jeito. Portanto, tentar defender a posição seria um esforço inútil e que inclusive poderia prejudica-lo no fim da corrida em razão do desgaste acentuado dos pneus duros que calçavam o carro da Mercedes naquele momento.

“Em primeiro lugar, existiam bolhas do lado de dentro, então não queria deixar meus pneus piores do que já estavam. Ele tinha o DRS aberto, então, se ele não me ultrapassasse lá, ele me passaria depois, na reta, então não faria diferença, ele me alcançaria de qualquer maneira. Era inútil defender”, explicou Lewis em entrevista coletiva logo depois da corrida.

“Acho que você viu o que aconteceu com Valtteri [Bottas, sobre a ultrapassagem feita por Sergio Pérez, também nas voltas finais]. Então, não adiantava mais gastar os pneus. Duas paradas potencialmente teriam dado certo, mas não estava nos planos para nós, então vamos fazer algumas análises para tentar entender o porquê”, disse o heptacampeão.

+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0

Post navigation

Redação

O Correio 68 é um site de notícias fundado em 2020 que tem o compromisso de trazer tudo o que o acreano precisa saber para se manter bem informado.
Close Bitnami banner
Bitnami