FRIAGEM

Ainda não acabou: Friale alerta que julho será o mês mais frio do ano


Voiced by Amazon Polly
Compartilhe

Nesta quinta-feira (1º), o Acre registrou, pelo quarto dia consecutivo, novo recorde de frio do ano ao chegar a 10,5ºC. Mas segundo o pesquisador meteorológico Davi Friale, não vai parar por aí.

Em seu site, um artigo chamado “Julho, o mês com menos chuva e mais frio”, ele alerta que este mês será caracterizado pela baixa umidade do ar, com dias ensolarados e noites, em geral, frias, como consequência de fortes incursão de massas de ar polar.

“É o mês que, em geral, tem registros das mais baixas temperaturas do ano, com mínimas médias de 16,5ºC, em Rio Branco, 17,6ºC, em Cruzeiro do Sul, e 18,8ºC, em Tarauacá”, disse.

Em relação à temperatura média de julho, Rio Branco é a mais fria, com 23,3ºC, e Cruzeiro do Sul, a mais quente, com 25,1ºC. Em Tarauacá, a média é 24,0ºC.

As chuvas também são escassas neste mês, principalmente, no vale do rio Acre, com médias de 31,9mm, em Rio Branco, 48,7mm, em Tarauacá, e 59,1mm, em Cruzeiro do Sul.

Confira na tabela, a média de chuvas de julho, comparando com o mês anterior:

CIDADEJULHOJUNHO
RIO BRANCO31,9mm32,8mm
CRUZEIRO DO SUL59,1mm89,7mm
TARAUACÁ48,7mm60,9mm
Os dados são fornecidos pela Instituto Nacional de Meteorologia

COMO FICA O TEMPO NESTE MÊS DE 2021?

O mês de julho de 2021 deverá ser muito seco e com temperaturas abaixo da média, tendo em vista a penetração de intensa onda de frio polar que começou nos últimos dias do mês anterior.

No primeiro dia do mês já foi registrada, em Rio Branco, a menor temperatura do ano, com 11,5ºC, estabelecendo recordes de frio de 2021 pelo quarto dia consecutivo.

As noites vão continuar frias, pelo menos durante os primeiros seis dias de julho. O tempo seco e ensolarado vai predominar na primeira quinzena, sem novas ondas de frio.

Na segunda quinzena do mês poderá chegar mais uma poderosa onda de frio polar ao Acre e às regiões próximas, despencando novamente a temperatura na Amazônia Ocidental, principalmente nas regiões de Rio Branco e Brasileia, caracterizando uma típica friagem.

Não há perspectivas de chuvas significativa nos primeiros quinze dias deste mês, a não ser, em alguns pontos isolados, mas somente após o dia 10. Chuvas um pouco mais fortes poderão ocorrer na segunda quinzena, devido à chegada de mais ar frio polar.

+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0

Post navigation

Redação

O Correio 68 é um site de notícias fundado em 2020 que tem o compromisso de trazer tudo o que o acreano precisa saber para se manter bem informado.
Close Bitnami banner
Bitnami