FIM DE CONTRATO

Escolas de Rio Branco ficam desprotegidas após demissão de 180 agentes de portaria


Voiced by Amazon Polly
Compartilhe

As escolas municipais de Rio Branco ficaram sem agentes de portaria após a demissão de 180 trabalhadores da área. Em nota, a prefeitura de Rio Branco informou que o contrato com a empresa JWC Multiserviços, a quem eram empregados, encerrou na última quarta-feira (30), após “atingir o limite de prorrogação permitido pela lei de licitação”.

Segundo o executivo municipal, com o fim dos 72 meses de contrato, foi encerrado o vínculo com a Secretaria Municipal de Educação (Seme) e a empresa, que pertence ao empresário Jebert Cavalcante, que chegou a ser cogitado como candidato a prefeito de Rio Branco nas eleições de 2020 pelo Republicanos.

Tião Bocalom (Progressistas) informou, ainda, que foi uma opção da própria empresa não conceder aviso prévio aos trabalhadores: “deixando por indenizá-los ou para que os mesmos cumprissem em casa”, diz o aviso.

+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0

Post navigation

Anderson Siqueira

Editor-chefe, escritor, professor de idiomas e assina o Blog do Siqueira
Close Bitnami banner
Bitnami