SUBMUNDO

Apresentadores de podcast que chamaram jovem de ‘gayzinho’ em trote são denunciados por homofobia pelo Ministério Público


Voiced by Amazon Polly
Compartilhe

Os apresentadores do podcast ‘Submundo’ Maikon Jones Silva de Moura, Geovany Almeida Calegário e Pedro Lucas Araújo, foram denunciados pelo Ministério Público do Acre (MPAC) por homofobia. A denúncia é resultado do trote feito ao digital influencer Lucas Lima, de 19 anos, no dia 1º de junho.

Durante a gravação, o influencer, que é de Sena Madureira, foi chamado de ‘gayzinho’. Os apresentadores ainda falaram da sexualidade do jovem de forma pejorativa. Com a repercussão, a vítima chegou a ser expulsa da casa do pai. No dia 5 de junho, a Promotoria Criminal de Sena Madureira instaurou um notícia fato para apurar o caso.

O Centro de Atendimento à Vítima (CAV), órgão auxiliar do MP-AC, que acolhe vítimas de violência doméstica, de violência contra a dignidade sexual e homofobia, entrou em contato com Lucas e ofereceu informações jurídicas e apoio psicológico.

+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0

Post navigation

Redação

O Correio 68 é um site de notícias fundado em 2020 que tem o compromisso de trazer tudo o que o acreano precisa saber para se manter bem informado.
Close Bitnami banner
Bitnami