PARTIU BSB

Sob acusação de assédio sexual, Frank Lima recebe diárias e viaja para Brasília


Voiced by Amazon Polly
Compartilhe

Mesmo enfrentando acusação de assédio sexual por parte de servidoras da Secretaria de Saúde de Rio Branco (Semsa), Frank Lima foi autorizado pelo prefeito Tião Bocalom (Progressistas) a viajar para Brasília (DF) nesta quarta-feira (14). Além disso, as diárias e passagens serão pagas pelo executivo.

Segundo a autorização, publicada no Diário Oficial do Estado (DOE), o secretário participará de uma reunião promovida pelo Conselho Nacional de Secretarias de Saúde (Conasems), na sede do Ministério da Saúde (MS). Contudo, o retorno previsto para sábado (17).

As diárias serão pagas de acordo com o Decreto nº 1.275/2015. O valor, segundo a própria tabela será de R$ 2.800.

A viagem ocorre na mesma semana em que servidoras da Semsa fizeram acusação de assédio sexual contra o gestor. Entre as denúncias, estão de que teria feito “propostas indecentes” para composição de cargos; segurado na cintura de uma mulher e dito que “ela estava para o crime”; e fazer piadas de cunho sexual dentro de elevadores.

O caso recebeu a comoção da vereadora Michelle Melo (PDT), que acolheu as supostas vítimas e chegou a pedir o afastamento do secretário, na manhã desta quarta-feira (14), ela declarou em seu perfil no Twitter:

“Hoje, sinceramente, tinha outros planos em mente mas não posso fechar os olhos e deixar de informar o porquê era tão importante o afastamento do secretário até que finalizassem as investigações, ontem mesmo algumas pessoas que trabalham no setor em questão foram remanejadas”.

>>> LEIA TAMBÉM:

Em sua defesa, Frank Lima nega que tenha cometido qualquer prática de assédio e concedeu uma entrevista nesta terça-feira (13) onde informou que a Corregedoria Geral da Prefeitura deve abrir um processo administrativo para investigar o caso:

“A prefeitura deve abrir um processo administrativo hoje ainda, e é onde eu vou me defender. Após isso, vou buscar os meios legais para me defender. Eu nunca me envolvi com subordinados. Eu não posso me defende para a imprensa”, alega o secretário.

Durante sua ausência, responde interinamente pela Semsa a secretária Municipal de Planejamento, Neiva Azevedo.

+1
96
+1
0
+1
1
+1
0
+1
218
+1
14

Post navigation

Anderson Siqueira

Editor-chefe, escritor, professor de idiomas e assina o Blog do Siqueira
Close Bitnami banner
Bitnami