VACINAÇÃO

Acre aplicou 325 mil primeiras doses de vacina contra a Covid-19


Voiced by Amazon Polly
Compartilhe

O governo do Acre, por meio da Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre), não tem medido esforços para frear a disseminação do novo coronavírus e evitar que mais vidas sejam perdidas. Por isso, ações e mutirões de vacinação são realizados, aplicando a almejada “dose de esperança”, a vacina contra a Covid-19.

Acre completa seis meses de campanha de vacinação contra a Covid-19. Foto: Júnior Aguiar/Secom

Neste domingo, 18, o Acre completou seis meses de campanha de vacinação contra a Covid-19. Até o momento, o Estado, por meio das equipes do Programa Nacional de Imunização (PNI), já aplicou 436.736, sendo 325.651 primeiras doses e 111.085 segundas doses.

“Ontem fizemos seis meses desde o início da vacinação contra a Covid-19, e mais de 400 mil pessoas já foram vacinadas. Então, peço a colaboração de todos vocês para que consigamos cada vez mais avançar com a imunização. Pedimos também que não haja a escolha de vacinas, que procurem os postos para que consigamos vencer a pandemia”, destacou a secretária de Estado de Saúde do Acre, Paula Mariano.

Além das ações voltadas exclusivamente para a campanha de vacinação, o programa Saúde Itinerante também realiza a aplicação da vacina contra a Covid-19, de acordo com o cronograma do município que recebe a ação.

Nesta semana o Acre deve receber mais de 110 mil doses de vacinas contra a Covid-19. Foto: Odair Leal/Secom/Arquivo

Em Rio Branco, o governo do Estado, por meio da Sesacre, também realizou mutirões para a aplicação de segundas e primeiras doses, com o objetivo de contribuir para o avanço da imunização na capital. As ações foram realizadas em importante parceria com o Município.

Maria das Dores Magalhães, servidora aposentada do Estado, foi uma das pessoas vacinadas em um dos mutirões realizados pelo governo do Estado, em parceria com a prefeitura da capital. Ela estava acompanhada de sua neta Isabelle Araújo, de 3 anos.

“Com as informações divulgadas nas mídias sobre esse ponto de vacinação eu vi muita gente indo se vacinar, então eu me animei, peguei a neném, fui dar um passeio na praça e acabei me vacinando”, contou Maria das Dores  Magalhães.

“Fui dar um passeio na praça e acabei me vacinando”, contou Maria das Dores Magalhães. Foto: Cedida

Nas localidades de difícil acesso, equipes de vacinação realizam caravanas para atingir o público que não consegue se deslocar facilmente aos grandes centros em busca de uma unidade de saúde. Faça sol ou chuva, servidores aguerridos enfrentam os obstáculos de logística e geografia para chegar a todas as camadas da população.

Também, por meio da Operação Gota, realizada pelo governo federal, por meio da Força Aérea Brasileira (FAB), as localidades interioranas também receberam doses da vacina contra a Covid-19, que viajam inclusive no típico transporte das comunidades ribeirinhas, a canoa.

+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0

Post navigation

Redação

O Correio 68 é um site de notícias fundado em 2020 que tem o compromisso de trazer tudo o que o acreano precisa saber para se manter bem informado.
Close Bitnami banner
Bitnami