CRIME BÁRBARO

Justiça determina prazo para MPAC denunciar homem que matou esposa a facadas em Rio Branco


Voiced by Amazon Polly
Compartilhe

O juiz Alesson Braz, da 2ª Vara do Tribunal do Júri e Auditoria Militar, deu cinco dias para o Ministério Público do Acre (MPAC) oferecer denúncia contra Hitalo Marinho Gouveia, de 33 anos. Ele é acusado de matar a própria esposa a facadas e estrangulamento.

Adriana Paulichen, morreu aos 23 anos no último dia 9 de julho no bairro Estação Experimental, em Rio Branco. À polícia, Hitalo confessou que teve um caso extraconjugal com a melhor a melhor amiga da vítima.

+++ Mulher morre ao ser esfaqueada e estrangulada pelo próprio marido em Rio Branco

Segundo informações do Tribunal de Justiça, o despacho foi publicado na edição do Diário Eletrônico do dia 16 de julho. De acordo com a decisão, o órgão controlador terá que se manifestar em relação ao pedido da defesa de liberdade provisória do último dia 9, após a prisão em flagrante de Gouveia ter sido convertida em preventiva.

+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0

Post navigation

Redação

O Correio 68 é um site de notícias fundado em 2020 que tem o compromisso de trazer tudo o que o acreano precisa saber para se manter bem informado.
Close Bitnami banner
Bitnami