INVESTIMENTO

Comitiva do BNDES visita centro de Cruzeiro do Sul e se reúne com comunidade do Croa


Voiced by Amazon Polly
Compartilhe

Durante intensa agenda no Juruá, o presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social  (BNDES), Gustavo Montezano, visitou o centro de Cruzeiro do Sul. Ele e a sua comitiva de diretores estiveram na Catedral de Nossa Senhora da Glória e posteriormente foram ao local onde o governo do Acre fará a obra da Orla do Rio Juruá.

No antigo Fórum do município, o diretor técnico da Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Regional do Acre (Sedur), engenheiro Vinícius Otsubo, mostrou à comitiva o local em que a gestão estadual realizará uma obra de revitalização da região ribeirinha da cidade.

Local de onde é possível visualizar toda área da obra da Orla do Juruá. Presidente do BNDES ouve as explicações do engenheiro Vinícius Otsubo, da Sedur. Foto: Junior Aguiar/Secom.

“Essa é uma área que teve uma ocupação desordenada. O nosso projeto prevê a construção de uma praça de alimentação e de um novo porto para o embarque e desembarque de mercadorias. Também serão revitalizados espaços esportivos e será erguido um residencial para os moradores de áreas de risco dessa região de Cruzeiro do Sul. Mas o mais importante é que toda essa área central do município terá uma nova estrutura de saneamento básico com esgotamento sanitário adequado”, disse o secretário estadual.

Possíveis investimentos para fortalecer o turismo no Croa

Posteriormente, a comitiva de diretores do BNDES esteve no Rio Croa. Lá ouviram de representantes da Associação de Moradores as necessidades mais prementes para fortalecer o turismo na região.

Posteriormente, a comitiva de diretores do BNDES esteve no Rio Croa. Foto: Junior Aguiar/Secom.

Pedro Paulo, presidente da Associação do Croa, solicitou aos representantes do banco estatal investimentos para a construção de novas pousadas, saneamento básico e compra de barcos adequados para o turismo na região.

“O potencial turístico do Croa é enorme. Atualmente, a maioria dos nossos moradores já vive da economia gerada pelo turismo através do transporte em barcos, pequenas pousadas e restaurantes. Mas se conseguirmos novos investimentos poderemos receber os turistas com mais conforto aumentando a visitação da nossa região,” afirmou Pedro Paulo.

Por sua vez, o presidente Gustavo Montezano afirmou à comunidade que a filosofia da sua gestão é sair da sede do BNDES do Rio de Janeiro para encontrar novos clientes na Amazônia.

“Estamos aqui porque acreditamos que existem novas possibilidades de investimentos que irão gerar bem estar social na Região Norte. Queremos financiar projetos fora do eixo Sul-Sudeste para o desenvolvimento econômico de novas regiões do país. A nossa missão com essa visita ao Acre é ouvir e dialogar com as comunidades no sentido da captação de demandas para financiamentos de projetos que melhorem a renda dessas regiões. Não queremos só os grandes empresários como nossos clientes, mas os pequenos e médios empreendedores”, salientou Montezano.

+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0

Post navigation

Redação

O Correio 68 é um site de notícias fundado em 2020 que tem o compromisso de trazer tudo o que o acreano precisa saber para se manter bem informado.
Close Bitnami banner
Bitnami