POLÊMICA

Governo não repassa valor acertado e Protege deve manter demissões, alerta sindicalista


Voiced by Amazon Polly
Compartilhe

O presidente do Sindicato dos Vigilantes do Acre, Nonato Silva, disse que o governo do Estado não repassou o percentual acertado com a empresa Protege para evitar a demissão de 180 trabalhadores. Com isso, a empresa não acatou acordo feito pela equipe de governo e deve mesmo rescindir o contrato.

“Eles [Governo] ofereceram uma coisa e não tinha nada amarrado e a empresa decidiu continuar com a demissão. Segunda-feira já é o último dia. Todo mundo já desceu para fazer o exame demissional. É isso, nós perdemos a guerra. Infelizmente o governo ganhou, matou a gente no cansaço”, disse o sindicalista.

Ainda de acordo com Nonato Silva, na segunda-feira (2), ele vai se reunir com os 180 vigilantes demitidos para ver uma saída para o problema.

*Com informações do Notícias da Hora

+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0

Post navigation

Redação

O Correio 68 é um site de notícias fundado em 2020 que tem o compromisso de trazer tudo o que o acreano precisa saber para se manter bem informado.
Close Bitnami banner
Bitnami