POLÊMICA

Nomeação de esposa de Minoru Kinpara no governo vira alvo de investigação do MPF


Voiced by Amazon Polly
Compartilhe

O Ministério Público Federal (MPF) no Acre vai investigar a nomeação da professora Degmar Kinpara, esposa do ex-candidato a prefeito de Rio Branco Minoru Kinpara (PSDB), como presidente do Instituto de Mudanças Climáticas e Regulação dos Serviços Ambientais (IMC).

Degmar foi nomeada no dia 23 de agosto, em publicação no Diário Oficial do Estado (DOE) e segundo o MPF, por ser professora aposentada por invalidez da Universidade Federal do Acre (Ufac).

>> LEIA TAMBÉM:

A Constituição Federal (CF) permite o acúmulo da aposentadoria com o exercício de cargos em comissão e eletivos, entretanto, o que será investigado é o fato da aposentadoria ter se dado por invalidez.

O procurador da República Lucas Costa Almeida Dias diz que o Tribunal de Contas da União (TCU) entende que a aposentadoria por invalidez tem como pressuposto a incapacidade do trabalhador.

“De modo que é inadmissível a percepção de proventos a tal título concomitantemente ao exercício de outra atividade remunerada, por serem situações autoexcludentes”, destaca.

Post navigation

Anderson Siqueira

Editor-chefe, escritor, professor de idiomas e assina o Blog do Siqueira
Close Bitnami banner