AFASTADOS

Bocalom continuará pagando salário de Frank Lima e diretora de gestão durante afastamento de 60 dias


Voiced by Amazon Polly
Compartilhe

Sem saída, o prefeito Tião Bocalom (Progressistas) acabou por acatar uma recomendação do Ministério Público (MPAC) e afastou Frank Lima do cargo de secretário de Saúde de Rio Branco nesta quinta-feira (2).

Lima enfrenta uma investigação do MPAC e denúncias de assédio sexual feitas por servidoras da pasta.

O afastamento é válido por 60 dias e deve ser publicado no Diário Oficial do Estado (DOE) desta sexta-feira (2). Além dele, também foi afastada a diretora de gestão da Semsa, Tatiana Mendes Assis, tida como ‘braço-direito’ de Frank Lima. O MPAC pediu o afastamento dela por ter, segundo o órgão, ‘fortes indícios’ de que tenha tentado, de alguma maneira, atrapalhar as investigações.

>>> LEIA TAMBÉM:

Tanto Frank Lima, quanto Tatiana continuarão a receber seus salários normalmente durante o período de afastamento.

Ainda não foi informado, no entanto, quem será indicado para assumir a Saúde pelos próximos 2 meses.

+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0

Post navigation

Redação

O Correio 68 é um site de notícias fundado em 2020 que tem o compromisso de trazer tudo o que o acreano precisa saber para se manter bem informado.
Close Bitnami banner
Bitnami