VIOLÊNCIA SEXUAL

Um a cada 7 estudantes acreanos já sofreram violência sexual, diz IBGE


Voiced by Amazon Polly
Compartilhe

Entre os estudantes acreanos de 13 a 17 anos, das redes pública e privada, 15,2% dizem que já sofreram violência sexual em algum momento da vida. É o que aponta a Pesquisa Nacional de Saúde do Escolar (PeNSE) 2019, divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Conforme os dados, um em cada sete alunos do estado foram tocados, manipulados ou beijados contra a própria vontade, ou tiveram partes do corpo expostas sem autorização.

Os casos de abuso sexual foram bem mais frequentes entre as meninas, com um percentual de 19,4% do total de entrevistadas. Essa taxa é quase duas vezes maior do que a observada entre os meninos (10,8%).

Por meio de amostragem populacional, o órgão distribuiu questionários a jovens do 7º ano do ensino fundamental ao 3º do ensino médio, com garantia de anonimato nas respostas.

O IBGE estimou em 62.196 o número de estudantes de 13 a 17 anos frequentando a escola no Acre. Desse total, 59.318 são de escolas públicas e 2.878 de escolas privadas.

Na rede privada houve mais relatos desse tipo de violência (16,4%) do que na rede pública (15,1%). Os alunos da região Norte mostraram maior incidência desse tipo de violência (17,1%), com o maior percentual no Amapá (18,2%).

+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0

Post navigation

Redação

O Correio 68 é um site de notícias fundado em 2020 que tem o compromisso de trazer tudo o que o acreano precisa saber para se manter bem informado.
Close Bitnami banner
Bitnami