TUDO RÁPIDO

Aos 40 anos, Nenê oficializa volta ao Vasco: “venho com muita motivação”


Voiced by Amazon Polly
Compartilhe

Após quase quatro anos, Nenê está de volta ao Vasco. No começo da tarde desta quarta-feira, o meia concedeu entrevista e, assim como o técnico Fernando Diniz em sua apresentação, deu um discurso forte exaltando a grandeza do clube e sua torcida.

– O Vasco é diferente para mim, é o clube que abriu as portas do Brasil para mim. Todos pensavam que eu estava para me aposentar, vinha para roubar e ganhar dinheiro. E o Vasco foi o clube que apostou em mim e voltei a ser o Nenê dos tempos de Santos e Palmeiras.

– Muitos jovens na época nem tinham me visto jogar. E o Vasco me deu essa possibilidade. Ganhei esse reconhecimento depois que cheguei ao Vasco. Representa muito para mim.

A negociação com o Vasco, segundo Nenê, foi muito rápida. O meia rescindiu com o Fluminense, com o qual tinha contrato só até o fim desse ano, e assinou com o time de São Januário até dezembro de 2022. Segundo ele, a contratação de Fernando Diniz acelerou o processo.

Nenê fala sobre a negociação para deixar o Flu e retornar ao Vasco: “foi tudo muito rápido”

– Foi rápido. Chegou o momento decisivo, a coisa começou a esquentar. Conversei com o Fluminense, dois dias depois a gente estava resolvendo e ontem (terça) mesmo assinei a rescisão 17h30 e 18h30 estava assinando com Vasco. Depois que chegou o Diniz, a coisa andou. Acelerou, ele gosta do meu trabalho.

O jogador ressaltou a sua identificação com o novo clube.

– Muito feliz e motivado de voltar a um dos clubes do Brasil que mais me identifiquei e fui feliz. O Vasco é um gigante e sempre será o Vasco. Venho para somar e ajudar o time a conquistar esse objetivo de voltar à Série A.

No momento, o time carioca tem 32 pontos e é apenas o 10º colocado da Série B. Está oito pontos atrás do quarto colocado, o CRB, seu adversário desta quinta-feira, às 19h, em Maceió. Nenê, regularizado, tem chance de estrear nesse confronto.

– Eu estou à disposição. Estava jogando normalmente. Professor que vai decidir. Vou estar com o grupo e posso jogar.

– Com certeza acredito no acesso. Essa é a ideia, por isso eu vim. Time muito qualificado, treinador que conheço, encaixa muito com meu estilo de jogo e acho que vai nos ajudar muito. Ainda não vou falar de aposentadoria (risos). Não penso nisso ainda.

Nenê recebeu a camisa do diretor de futebol do Vasco, Alexandre Pássaro — Foto: Rafael Ribeiro / Vasco
Nenê recebeu a camisa do diretor de futebol do Vasco, Alexandre Pássaro — Foto: Rafael Ribeiro / Vasco

Nenê jogou no Vasco entre 2015 e 2018. Em sua primeira passagem, segundo o clube, disputou 132 jogos e marcou 44 gols – contando três amistosos. Ele foi protagonista na conquista do Campeonato Carioca de 2016.

– A torcida é um dos grandes motivos. Essa paixão, carinho, respeito comigo. Isso motiva bastante, meus amigos, família. Todo mundo pedindo esse retorno. Me deixa muito feliz. Espero retribuir em campo.

Depois da primeira passagem pelo Vasco, Nenê defendeu o São Paulo e o Fluminense. Foram três anos e oito meses até retornar. A contratação teve aval de Fernando Diniz, treinador com quem trabalhou por curto período no rival carioca. Em 2019, atuou em duas partidas antes de o técnico ser demitido.

+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0

Post navigation

Redação

O Correio 68 é um site de notícias fundado em 2020 que tem o compromisso de trazer tudo o que o acreano precisa saber para se manter bem informado.
Close Bitnami banner
Bitnami