RISCO DE COVID

Após recomendação da Anvisa, Bolsonaro cancela reunião presencial e viagem


Voiced by Amazon Polly
Compartilhe

O presidente Jair Bolsonaro fez alterações em seus compromissos oficiais desta semana depois de o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, ser diagnosticado com covid-19 nessa 4ª feira (22.set.2021). Os 2 estiveram juntos na comitiva brasileira que foi à Assembleia Geral da ONU (Organização das Nações Unidas), em Nova York.

O presidente da República, Jair Bolsonaro, e o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, estiveram juntos em viagem a NY; Queiroga foi infectado pela covid-19© Sérgio Lima/Poder360 O presidente da República, Jair Bolsonaro, e o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, estiveram juntos em viagem a NY; Queiroga foi infectado pela covid-19

O chefe do Executivo fará reunião por videoconferência, do Palácio da Alvorada, com o subchefe para Assuntos Jurídicos da Secretaria Geral da Presidência. Esse encontro costuma ser presencial, no gabinete do presidente do Palácio do Planalto. Nesta 4ª, será à distância, com Bolsonaro em sua residência.

© Fornecido por Poder360

Outro compromisso do presidente que sofreu alteração foi a viagem à cidade de Ponta Grossa (PR), onde ele participaria de solenidade de entregas e depois seguiria para uma motociata liderada pelo líder do Governo na Câmara, Ricardo Barros (PP). O deputado publicou em sua página que a visita foi cancelada:© Fornecido por Poder360

Integrantes da comitiva do governo brasileiro que viajaram para os Estados Unidos serão submetidos a novos testes nesta 4ª feira. A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) enviou um ofício à Casa Civil orientando que o grupo fizesse isolamento de 14 dias no Brasil. A recomendação foi feita no dia seguinte ao ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, ser diagnosticado com covid-19 durante a viagem. Eis a íntegra (30 KB) da nota divulgada pela Anvisa.

O presidente Jair Bolsonaro  e sua equipe viajaram aos Estados Unidos na 2ª feira (21.set). A comitiva voltou ao Brasil nesta 4ª feira, enquanto Queiroga permanecerá em Nova York para cumprir isolamento de 14 dias. Só Queiroga teve diagnóstico positivo. Segundo a Secom (Secretaria Especial de Comunicação Social), os demais integrantes da comitiva realizaram o exame na 3ª feira e não estavam contaminados.

O período de duas semanas de quarentena orientado pela Anvisa ao resto da comitiva seria realizado no Brasil e começaria depois do último dia de contato com o ministro da Saúde.

Queiroga acompanhou Bolsonaro em visita ao memorial do 11 de Setembro na tarde de 3ª feira (21.set). No domingo (19.set), o ministro esteve em jantar com Bolsonaro e parte da comitiva. Em foto, ele aparece comendo pizza do lado de fora de um restaurante.

A Anvisa afirma que “casos excepcionais” poderão não cumprir o isolamento desde que haja argumentos para isso e que a agência seja consultada previamente sobre esses casos. O órgão afirma que sua orientação “deve ser objeto de apreciação imediata pela Casa Civil“. O Poder360 questionou a assessoria de imprensa da pasta, que disse ainda não haver uma posição sobre o tema.

+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0

Post navigation

Redação

O Correio 68 é um site de notícias fundado em 2020 que tem o compromisso de trazer tudo o que o acreano precisa saber para se manter bem informado.
Close Bitnami banner
Bitnami