JUSTIÇA

Após serem absolvidos, Justiça determina que acusados da morte de homem no ‘Tribunal do Crime’ em Rio Branco sejam novamente julgados


Voiced by Amazon Polly
Compartilhe

A Justiça do Acre determinou que oito dos nove acusados pela morte de um ex-detento ocorrida em março de 2016 voltem aos bancos dos réus para novo julgamento, o grupo já havia sido absolvido por júri popular.

A decisão foi por unanimidade da Câmara Criminal do TJAC, que acatou um pedido do Ministério Público do Acre (MPAC) que alegou que a decisão foi contrária às provas apresentadas no processo.

Os acusados que serão novamente julgados são: Francisco Pessoa do Nascimento, Gilson Borges de Souza, Lucas de Freitas Murici, Máximo Cunha Lindoso, Zeonis de Souza Carvalho, Natanael Lima da Costa, Eurico Rocha do Nascimento e Dênis dos Santos Félix.

 

O crime

A vítima foi Maycon da Silva, conhecido no mundo do crime como ‘Maycon Louco’, ele foi morto no dia 16 de março de 2016 com oito tiros na rua Edmundo Pinto, região conhecida como Sapolândia, em Rio Branco.

Ele foi denunciado a uma facção criminosa pela própria esposa, Brenda Monteiro, que alegou ter sido frequentemente espancada e humilhada pelo companheiro. A partir de então, a vítima passou pelo chamado ‘Tribunal do Crime’, onde teve sua morte sentenciada após votação dos faccionários.

A morte de Maycon ocorreu no mesmo dia em que foi solto, ele respondia por tráfico de drogas e ao ganhar liberdade após audiência de custódia pela manhã, foi assassinado no período da tarde.

A decisão do TJAC ainda cabe recurso.

+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0

Post navigation

Anderson Siqueira

Editor-chefe, escritor, professor de idiomas e assina o Blog do Siqueira
Close Bitnami banner
Bitnami