DE VOLTA AO PASSADO

Acre teve dia com julgamento marcado do ‘Crime da Motosserra’ e filho de Marrosa trocando tiros com a polícia


Voiced by Amazon Polly
Compartilhe

Os acreanos viveram um verdadeiro reflexo das sombras do passado nesta terça-feira (27), ao serem desenterrados assuntos relacionados ao conhecido ‘Crime da Motosserra’ e ao traficante José Afonso Cândido da Silva, o “Marrosa”.

Pela manhã, inicialmente estava marcado o julgamento do ex-comandante da Polícia Militar (PM), Aureliano Pascoal Duarte Pinheiro, primo de Hildebrando Pascoal no caso conhecido como ‘Crime da Motosserra’, que envolve a morte de Agilson Firmino dos Santos, o ‘Baiano’.

O julgamento estava marcado para esta terça-feira (26) na 1ª Vara do Tribunal do Júri de Rio Branco, mas precisou ser adiado após desistência de dois advogados do caso. Aureliano havia sido absolvido em julgamento ocorrido em 2009, que condenou Hildebrando a 18 anos de prisão. Mas em 2015, o Ministério Público (MPAC) pediu para que Aureliano fosse novamente julgado, o que foi aceito pela Câmara Criminal.

LEIA MAIS:

O ‘Crime da Motosserra’ aconteceu em 1996 e levou esse nome devido as mãos de “Baiano” terem sido cortadas após sua morte com uma serra elétrica para que supostamente, uma algema pudesse ser retirada.

Na noite de terça, um outro flash veio à memória dos acreanos após a Polícia Militar (PM) prender Maykel William Mendes da Silva, de 33 anos, após troca de tiros. Maykel é filho do traficante ‘Marrosa’, que foi morto em confronto com a polícia em 1987.

Marrosa era tão influente que hoje tem um pedaço do bairro Preventório batizado em seu nome pelos moradores, local conhecido como “Morro do Marrosa”.

Maykel estava com um comparsa quando foram abordados pela PM, o outro rapaz acabou se entregando, mas “Marrosinha”, como é chamado, decidiu reagir abrindo fogo. Ele acabou levando um tiro nas nádegas e foi encaminhado ao Pronto-Socorro de Rio Branco.

Post navigation

Anderson Siqueira

Editor-chefe, escritor, professor de idiomas e assina o Blog do Siqueira
Close Bitnami banner