FRONTEIRA

Bolivianos fecham ponte na fronteira após preço da carne em Cobija se aproximar do valor vendido no Acre


Voiced by Amazon Polly
Compartilhe

O sindicato de mototaxistas de Cobija, capital do departamento de Pando, na Bolívia, organizou um protesto que fechou a ponte que liga o país ao estado do Acre, contra o preço dos alimentos.

Segundo os organizadores, eles cobram das autoridades locais uma tabela que diferencie os preços dos alimentos importados do Brasil, uma vez que a alta dos preços aqui acabou influenciando comerciantes bolivianos a também aumentar os preços por lá.

O quilo de carne, por exemplo está próximo a 50 bolivianos, que convertido na moeda brasileira dá aproximadamente R$ 39,99.

Do lado brasileiro, o Grupo Especial de Fronteira do Acre (Gefron) acompanha a manifestação na ponte.

Post navigation

Anderson Siqueira

Editor-chefe, escritor, professor de idiomas e assina o Blog do Siqueira
Close Bitnami banner