CASO POLÊMICO

Estudante de medicina baleado por Sargento Nery passa por cirurgia e tem quadro estabilizado


Voiced by Amazon Polly
Compartilhe

O estudante de medicina Flavio Endres Ferreira, de 30 anos, baleado na madrugada de domingo (28) pelo sargento da Polícia Militar (PM), Erisson Nery, conhecido por compor o chamado “trisal do Acre”, passou por uma cirurgia no Pronto-Socorro de Rio Branco e teve o quadro estabilizado.

Ferreira foi baleado após uma confusão em um bar de Brasileia onde os dois estavam assistindo a final da Taça Libertadores na tarde de sábado (28).

Segundo áudios de testemunhas que circularam nas redes sociais, a confusão começou após o estudante ter empurrado a também sargento da PM, Alda Radine. Ao ver a cena, Nery teria entrado em briga corporal com o rapaz, o que resultou nos tiros.

LEIA MAIS:

Um vídeo mostra ainda que Nery chegou a desferir um tapa no estudante, que já estava caído no chão.

A PM confirmou que ele estava afastado por laudo médico e também a arma institucional dele havia sido recolhida pela corporação. A mãe do estudante, Lúcia Ferreira, disse que o filho foi atingido por quatro tiros; um abaixo do umbigo, dois acima e um no peito.

O Comando da PM informou, por meio de nota, que está apurando disciplinarmente os fatos e tomará as medidas necessárias, mas destacou que a apuração criminal caberá à Polícia Civil. A nota diz ainda que o sargento ainda não se apresentou.

“No entanto, a PM continua em diligências com o fim de localizá-lo. A instituição reafirma que não compactua com ações que firam as normas legais ou que contrariam os valores castrenses seguidos pela corporação ao longo de sua história. Atitudes tomadas por quaisquer membros da corporação no âmbito de suas vidas privadas não refletem no posicionamento institucional e devem ser apuradas à luz do que determina a legislação”, destaca.

Post navigation

Redação

O Correio 68 é um site de notícias fundado em 2020 que tem o compromisso de trazer tudo o que o acreano precisa saber para se manter bem informado.
Close Bitnami banner