NEGACIONISMO

Em frente ao horto, negacionistas protestam pelo direito de não se proteger contra o coronavírus


Voiced by Amazon Polly
Compartilhe

De início do ano até esta sexta-feira, 3 de dezembro, o Acre evoluiu uma situação caótica em relação à pandemia de Covid-19 onde chegou a registrar mais de 800 casos em um único dia, para 163 casos em todo o mês de novembro.

A principal diferença entre uma época e outra, é que atualmente o Acre já está com grande parte de sua população vacinada, enquanto em janeiro as esperanças ainda eram remotas. Para fins de comparação, no mês em que o Acre chegou a mil mortes, março, foram registradas no total 250 mortes pela doença, enquanto o mês de novembro inteiro registrou apenas 7.

Mesmo tendo números tão favoráveis comprovando a importância das medidas sanitárias e da vacina, um grupo de apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (PL) protestou em frente ao Horto Florestal de Rio Branco contra o ‘passaporte da vacina’, decretado pelo governador Gladson Cameli (Progressistas) como medida preventiva contra a ameaça da variante Ômicron, que tem assustado vários países no mundo.

Com cartazes dizendo “não queremos vacina, temos a cloroquina”, manifestantes defendem o chamado “tratamento precoce”. Vale ressaltar que mesmo após quase 2 anos de pandemia, nunca conseguiram comprovar a eficácia de medicamentos como cloroquina, ivermectina ou azitromicina no combate ao coronavírus.

Post navigation

Anderson Siqueira

Editor-chefe, escritor, professor de idiomas e assina o Blog do Siqueira
Close Bitnami banner