OPERAÇÃO PTOLOMEU

Pré-candidato ao Senado protocola pedido de impeachment contra Gladson Cameli


Voiced by Amazon Polly
Compartilhe

A Assembleia Legislativa do Acre (Aleac) recebeu um pedido de impeachment contra o governador Gladson Cameli (Progressistas) por conta da Operação Ptolomeu, deflagrada pela Polícia Federal (PF) em parceria com a Controladoria-Geral da União (CGU).

O pedido foi protocolado pelo policial civil Leandro Costa, que é pré-candidato ao Senado pelo Cidadania e dependerá da aprovação do presidente da Casa, deputado Nicolau Júnior (Progressistas).

Gladson é investigado desde julho por um suposto esquema de desvios de verbas nas áreas da Saúde e Infraestrutura.

A ação tramita no âmbito do Superior Tribunal de Justiça (STJ) e foi determinada pela ministra Nancy Andrighi. De acordo com as autoridades, foi identificado um grupo criminoso controlado por empresários e agentes políticos ligados ao governo estadual acreano.

Após a prisão preventiva da chefe de gabinete, Rosângela Gama, o Governo emitiu nota afirmando apoio às investigações e declarou sempre agiu dentro da legalidade e do interesse público.

Em nota divulgada, os advogados do governador Ticiano Figueiredo e Pedro Ivo Velloso afirmam:

“A investigação é um emaranhado de assuntos desconexos. De um lado, tentam, em vão, criar um vínculo espúrio entre o governador e contratações lícitas realizadas pelo Estado.

De outro lado, esmeram-se em levantar suspeitas sobre as finanças do governador. Apenas suspeitas são lançadas, nenhuma imputação de crime é realizada. São apenas ilações desconexas que, com o devido respeito, não poderiam justificar a realização de medidas invasivas como a busca e apreensão e o bloqueio de bens.

Todas as suas movimentações financeiras são lícitas e o seu patrimônio tem origem conhecida, seja no âmbito privado, seja na renda auferida em razão das funções públicas ocupadas. Em razão disso, a defesa do Governador Gladson Cameli irá apresentar o recurso cabível e confia que a decisão será objeto de revisão. Apesar de discordar veementemente do que consta na investigação, a defesa vem expressar que confia plenamente no Poder Judiciário e nas instituições republicanas”.

Post navigation

Anderson Siqueira

Editor-chefe, escritor, professor de idiomas e assina o Blog do Siqueira
Close Bitnami banner