MANIFESTAÇÃO

Moradores da zona rural de Rio Branco fecham entrada do Terminal Urbano em protesto contra falta de transporte e condições de ramais: “estamos isolados”


Voiced by Amazon Polly
Compartilhe

Moradores das regiões do Quixadá, Boa Água, Limoeiro, Colibri e Oriente, na zona rural de Rio Branco, fecharam na manhã desta segunda-feira (10) a entrada do Terminal Urbano e do Canal da Maternidade em protesto contra a falta de ônibus coletivos e melhorias nos ramais.

O presidente da comunidade do Quixadá, Antonino Torres Cabreiro, disse que a empresa tirou o ônibus da região ) e não avisou para a comunidade. A linha que passa pela comunidade foi uma das três “abandonadas” pela Autoviação Floresta na última sexta-feira (7), assim como Taquari e Baixa Verde.

Segundo informações da Superintendência de Transportes e Trânsito (RBTrans), as linhas devem voltar a operar ainda nesta segunda-feira (10) após serem repassadas para operação em outra empresa.

Foto: Andryo Amaral/Rede Amazônica

Além do transporte coletivo, os moradores reclamam das condições do ramal, que é inclusive promessa de campanha do prefeito Tião Bocalom (Progressistas).

A presidente da comunidade Colibri, Antônia Benedita de Oliveira disse, segundo informações do G1, que por conta da situação dos ramais da região foi preciso cancelar a feira que a comunidade participava, porque não tem como retirar os produtos da região.

“É muito complicado. Eu, como liderança da comunidade Colibri, tive que trancar a feira porque quando chove o caminhão da Safra não vai pegar a gente, então sem tirar o produto, se estraga. O prefeito prometeu que ia melhorar esse ramal, mas não fez nada. Está muito ruim a situação, estamos isolados, todo mundo lá está prejudicado. Pedimos que olhem com atenção para a gente”.

Post navigation

Anderson Siqueira

Editor-chefe, escritor, professor de idiomas e assina o Blog do Siqueira
Close Bitnami banner