MANOEL URBANO

Bombeiros fazem buscas por jovem que caiu no Rio Purus ao tentar tirar foto em ponte


Voiced by Amazon Polly
Compartilhe

Os bombeiros estão fazendo buscas pelo jovem Francisco Emerson da Silva Cruz, de 26 anos, que está desaparecido desde sábado (15) à noite após cair no Rio Purus, em Manoel Urbano.

O jovem caiu no rio enquanto tirava foto em cima da ponte e tentou ficar em pé na grade, quando se desequilibrou.

À polícia, as testemunhas contaram que Francisco Emerson e um irmão, que mora no interior do Amazonas, tinham ido até Sena Madureira tratar da compra de um terreno e no mesmo dia foram a Manoel Urbano para tentar negociar gado.

Uma testemunha, que é amiga de Francisco e prefere não se identificar, conta que eles saíram de Rio Branco, passaram o dia em Sena Madureira tentando negociar a compra de uma casa e depois foram até Manoel Urbano para encontrar um rapaz que estava negociando a venda de gado com a vítima.

“Ele tinha planos de comprar terra porque ele trabalhava com gado. Então, a gente foi pra Sena e ele não conseguiu falar com a mulher, então decidiu ver um gado em Manoel Urbano, mas o cara não apareceu também. Outra coisa é que ele tava bem ruim, estava tomando remédio, não sabemos se estava com Covid ou gripado, mas ele estava reclamando também de enjoo”, conta.

Quando já retornavam para Rio Branco, por volta das 19h, ela conta que Francisco disse que queria tirar fotos em cima da ponte, porque tinha feito algumas no mesmo local há um tempo.

“Como ele tava ruim, ele quis descer um pouco do carro e andar. Ficamos andando até o enjoo passar e aí ele disse que tinha tirado uma foto na mesma ponte há uns anos. Tirou foto sentado no meio da via, com o irmão dele e aí disse queria tirar uma foto sentado na grade com o rio de fundo e o céu, tirou essa foto e aí decidiu tirar uma foto em pé. Ele então olhou para baixo, se desequilibrou e caiu”, conta ainda abalada.

A amiga conta que ainda o alertou sobre o perigo de cair. “A gente não sabe se ele ficou tonto, ele apenas virou e caiu. Os ribeirinhos que estavam às margens do rio ouviram e viram a hora que ele caiu. Ainda procuramos, esperamos ele boiar e nada e foi aí que a gente decidiu ir até a delegacia de Manoel Urbano para pedir ajuda”, relembra.

*Com informações do G1

Post navigation

Redação

O Correio 68 é um site de notícias fundado em 2020 que tem o compromisso de trazer tudo o que o acreano precisa saber para se manter bem informado.
Close Bitnami banner