APOLOGIA

Comentarista faz gesto nazista ao comentar fala de Monark e gera revolta nas redes sociais


Voiced by Amazon Polly
Compartilhe

A Jovem Pan demitiu nesta quarta-feira (9) o comentarista Adrilles Jorge após ele fazer um gesto apontado como saudação nazista durante participação em um dos programas da emissora na noite desta terça-feira (8).

Na ocasião, Adrilles comentava o caso de Monark, que defendeu criação de partido nazista, quando teve sua participação encerrada e se despediu da atração fazendo um gesto similar ao de Adolf Hitler.

Segundo o G1, a assessoria da Joven Pan confirmou a demissão de Adrilles Jorge e enviou o seguinte comunicado:

“O Grupo Jovem Pan repudia qualquer manifestação em defesa do nazismo e suas ideias. Somos veementemente contra a perseguição a qualquer grupo por questões étnicas, religiosas, raciais ou sexuais.

No exercício diário de informar e esclarecer nossa audiência, prezamos pelo livre debate de ideias, mas não endossamos qualquer tipo de manifestação que leve ao discurso de ódio e reforce ideias que remetam a um episódio da nossa história que deve ser lembrado como símbolo de um erro da humanidade que não deve jamais ser repetido.

Nossos comentaristas têm independência para emitir opiniões, respeitando os limites da lei, opiniões estas que não refletem as posições do Grupo Jovem Pan.”

“Tchau deturpado por canceladores”

Nas redes sociais, Adrilles Jorge confirmou a demissão e afirmou que os espectadores ‘deturparam’ um ‘tchau’.

“Fui demitido da Jovem Pan. Por dar um tchau deturpado por canceladores. Infelizmente a pressão de uma turba canceladora e sua sanha de sangue surtiram efeito. Agradeço a Jovem Pan pela oportunidade e a todos os amigos que lá conquistei e que em mim confiam e apoiam.”

Adrilles Jorge tem 47 anos é escritor, poeta e jornalista. Na Jovem Pan, ele era um dos comentaristas do programa “Morning Show”, além de escrever sobre política, cultura e comportamento. O comentarista foi um dos participantes do “BBB15”.

Confederação Israelita do Brasil

Após a divulgação das imagens de Adrilles na atração, a Conib (Confederação Israelita do Brasil) emitiu um comunicado condenando o gesto feito pelo comentarista:

“A Conib (Confederação Israelita do Brasil) condena estarrecida o gesto repugnante de saudação nazista feito pelo apresentador Adrilles Jorge em programa da Jovem Pan. O nazismo propaga uma visão de mundo racista, antissemita e totalitária, que causou a morte de 6 milhões de judeus e minorias como homossexuais, negros, ciganos e outras, e detonou uma guerra mundial catastrófica para a humanidade.”

“Episódios de apologia ao nazismo devem ser combatidos com todo o rigor da lei brasileira e repelidos pela sociedade como um todo. A Conib, em nome da comunidade judaica, agradece as manifestações de apoio diante desses fatos lamentáveis e agradece também a todos que vêm manifestando indignação e repulsa diante deles. A luta contra o racismo e o discurso de ódio deve ser uma luta de todos.”

Post navigation

Redação

O Correio 68 é um site de notícias fundado em 2020 que tem o compromisso de trazer tudo o que o acreano precisa saber para se manter bem informado.
Close Bitnami banner