VIDA NÔMADE

Após “tomada” do PL por Bittar, irmãos Rocha sondam ida para outro partido


Voiced by Amazon Polly
Compartilhe

A política acreana vive uma nova reviravolta a cada semana, enquanto a deputada federal Mara Rocha, hoje no PL, acreditou enquanto pré-candidata ao Governo que poderia ser a candidata de Jair Bolsonaro, uma quase certa filiação de Márcia Bittar à sigla pode jogar água nos planos.

Em grupos rivais, Márcio Bittar já tem domínio sob o PSL, partido em que o vice-governador Major Rocha se filiou para dar mais força à campanha de Minoru Kinpara na campanha pela prefeitura de Rio Branco em 2020. A derrota em primeiro turno criou um clima de tensão entre os Rochas – que também não conseguiram eleger um irmão como vereador – e o PSDB.

Com Márcio Bittar em domínio do PSL e PL, é quase certo que o apoio de Bolsonaro vá para a reeleição de Gladson Cameli (PP). Diante do exposto, os irmãos Rocha agora procuram uma nova sigla. Um provável destino seria o Cidadania, antigo PPS, os dois inclusive já teriam inclusive agendado uma reunião com o presidente nacional Roberto Freire, segundo informações do Acre News.

No Cidadania, há dois entraves que pode jogar nova água nos planos dos irmãos: um deles é que o partido já tem um pré-candidato ao Governo do Acre, o professor David Hall; o segundo é uma provável federação com o PSDB, partido em que os irmãos saíram pela “porta dos fundos”.

Acompanhe os próximos capítulos de ‘Vida Nômade’, no Correio 68.

Post navigation

Anderson Siqueira

Editor-chefe, escritor, professor de idiomas e assina o Blog do Siqueira
Close Bitnami banner