INVESTIGAÇÃO

Ministério Público conclui que Frank Lima cometeu assédio sexual contra três servidoras


Voiced by Amazon Polly
Compartilhe

O Ministério Público do Acre (MPAC) concluiu que o ex-secretário municipal de Saúde de Rio Branco, Frank Lima, praticou assédio sexual contra três servidores.

O relatório do inquérito civil foi publicado na última terça-feira (22) no Diário Oficial do órgão.

Lima foi denunciado por assédio sexual em julho do ano passado. Depois das denúncias, ele pediu a abertura de um procedimento administrativo na prefeitura para responder às acusações. Ele disse que estava “tranquilo” com relação às denúncias e afirmou que a denúncia era uma “retaliação” ao seu trabalho.

Após ouvir as testemunhas e vítimas, o MPAC entendeu que o então secretário usou do cargo que exercia para constranger diversas servidoras, por meio de cantadas, elogios constrangedores, toques e insinuações desagradáveis, com conotação sexual, e com o objetivo de obter vantagens ou favorecimento sexual.

A conclusão foi da 2ª Promotoria do Patrimônio Público, que afastou ato de improbidade administrativa na conduta do ex-gestor e, por isso, mas confirmou que houve o assédio. O procedimento foi encaminhado ao Procurador-Geral de Justiça para tomar as devidas providências.

FONTE: G1

Post navigation

Redação

O Correio 68 é um site de notícias fundado em 2020 que tem o compromisso de trazer tudo o que o acreano precisa saber para se manter bem informado.
Close Bitnami banner