CRIME BÁRBARO

Mulher que viu o pai ser morto pelo ex em Rio Branco tinha acabado relacionamento há 5 dias


Voiced by Amazon Polly
Compartilhe

Após ver o pai José Bernardo de Lima, de 52 anos, ser morto pelo ex-companheiro na noite de domingo (6), a jovem Roseneide Nunes, de 22 anos, segue se recuperando das facadas que recebeu.

A família foi atacada por Welington Silva de Matos, de 22 anos, que não aceitou o fim da relação e tentou promover uma chacina na residência localizada no ramal do Herculano, próximo à Cidade do Povo.

Segundo informações do g1, a relação durou pelo menos 8 anos e que desde o nascimento da primeira filha do casal, há cinco anos, ela sofria agressões.

“A gente separava e ele vinha conversar, querendo voltar e dizia que ia mudar e nunca mudava. No começo, acreditava que ia mudar, mas todas as vezes não mudou e vi que não ia dar certo, e começou de novo e decidi separar. Estava com cinco dias [separados]”, relatou.

Com a última separação, Roseneide foi para a casa dos pais, onde ficou com os dois filhos que tiveram, uma menina de cinco anos e outro de dois anos. O aniversário da menina tinha sido no sábado (5), véspera da tragédia.

“Ele chegou gritando porque tinha ligado e não atendi, e queria explicações e começou. Me agarrou pelo braço e começou a me esfaquear. Minhas duas irmãs entraram no meio para tentar me socorrer, meu pai ouviu, veio e acabou entrando na briga, ele esfaqueou meu pai que veio a óbito”, relembrou.

Post navigation

Redação

O Correio 68 é um site de notícias fundado em 2020 que tem o compromisso de trazer tudo o que o acreano precisa saber para se manter bem informado.
Close Bitnami banner